Barcelona em 3 dias – Tudo o que precisa saber para umas miniférias de sonho

Visita guiada a Barcelona

Se está a planear uma escapadinha para Barcelona e não conhece os pontos turísticos a visitar este post é para si. Aqui estão os locais mais emblemáticos da cidade com informações e dicas para aproveitar ao máximo em curto espaço de tempo. Antes de tudo aproveitei para levar roupa prática e desportiva porque a cidade de Barcelona é ótima para longas caminhadas durante a cidade: o locais mais conhecidos são relativamente próximos, o que permite criar circuitos à pé ou de metro. Para este efeito, ao aterrar no aeroporto de Barcelona se estiver alojado no centro ou nas preferias da cidade compensa comprar no bilhete geral por 24h, 48h, 3 dias ou mais, por exemplo um bilhete geral de 48h custa 22.70 euros enquanto que o valor pelo bilhete de uma viagem é 4.70 euros. Este bilhete encaixa-se na zona 1 onde estão todos os pontos turísticos que visitamos:

 

Pontos turísticos e principais atrações em Barcelona

 

Arco do triunfo

O Arco do Triunfo é um monumento situado na confluência entre os passeios de luís Companys São João e a ronda de São Pedro, na cidade de Barcelona, em Espanha.

Como lá chegar: Linha vermelha (Fondo – Hospital de Bellvitge): Arc de triomf

Sagrada Família de Barcelona

Dispensa qualquer tipo de apresentação, é local obrigatório quando se passeia pelas ruas de Barcelona. Construída pelo arquiteto Antoni Gaudí é uma igreja com uma beleza inacabada, mas imponente pelo tamanho, detalhes e quantidade de turistas de várias nacionalidades a visita-la. As obras de construção desta igreja ainda não têm data de conclusão.

Como lá chegar: Linha roxa (Badalona Pompeo Fabra) ou Linha azul Vall d’Hebron na estação: Sagrada Família.

Casa Batllò

Outro ponto turístico da autoria do arquiteto Antonio Gaudí é a Casa Batlò no Passeig de Gràcia no centro de Barcelona. A sua fachada é um ponto de atração por ser um exemplo de modernismo Gaudiano, com cores vibrantes e formas únicas relembrando as casas do mundo da fantasia.

Como lá chegar: Linha verde (Zona Universitària – Trinitat Nova) Passeig de Gràcia

Parc Güell

É o parque mais conhecido e símbolo da cidade de Barcelona. Mais um exemplo da obra de Antonio Gaudí e atração de milhões de turistas que visitam todos os anos. Este parque é um encontro de arte modernista gaudiana e a natureza pelas inúmeras palmeiras. No miradouro do parque é possível ver a cidade de Barcelona tendo como destaque a sagrada família e torre agbar.

 Como lá chegar: Linha verde (Zona Universitària – Trinitat Nova) estação Lesseps

Estádio Camp Nou

O estádio onde joga o Barcelona Futebol Club é um local de culto para os amantes do desporto rei, mas também para as antigas glorias do futebol. Mesmo em dia sem jogo é possível visitar o estádio, o museu, sala de empresa, a loja e ficar na esperança de ver o seu ídolo. (O Piqué não estava lá ☹ )

Como lá chegar: Linha verde (Zona Universitària – Trinitat Nova) estação Les Corts

Las Ramblas em Barcelona

Se é daquelas pessoas que adora passear em ruas cheias de gente, com pintores de rua, lojas e comerciantes então não deixe de visitar Las Ramblas de Barcelona. Existem vários restaurantes e bares e é onde está localizada a estátua de Cristóvão Colombo, com mais de 50 metros de altura e virado para a América. Las Ramblas faz ligação entre a Praça de Catalunha (onde vimos os efeitos das manifestações) e segue até o porto Velho com direção à praia.

Como lá chegar: Linhas Vermelha, Verde ou azul Estação catalunya

Mercat de la Boqueria

Bem no centro de Las Ramblas está um dos mercados mais famosos do mundo, o Mercado de la Boqueria. É um mercado com bancas cheias de frutas, legumes, chocolates, peixe, carne, empadas, doces de vários países.  Trata-se de um local incrível cheio de cores e sabores digno de um filme gastronómico. Ótimo para lanchar ou até mesmo almoçar e comprar lembranças para os amigos.

Como lá chegar: Linha verde estação Liceu

Casino

Em direção às praias de Barcelona está o casino, local de espetáculos, gastronomia, música e claro muito jogo.

Como lá chegar: metro linha amarela (Trinitat Nova – la pau) estação Ciutadella Vila Olímpica

 

Sant pau

Umas das joias arquitetónicas de Barcelona é o recinto modernista Sant Pau onde se destaca o pavilhão de Sant Salvador local que contem uma exposição sobre a história da medicina.

Como lá chegar: Linha azul Vall d’Hebron – Cornellà Centre, Estação Estação Sant Pau / Dos de Maig

 Museu Nacional de Arte da Catalunha – MNAC

Na região de Montjuic está o Museu Nacional de Arte da Catalunha onde reúne obras do período romântico até meados do séculos XX. Um dos locais predileto dos turistas. Com o jardim botânico de Montjuic e a fonte mágica de Montjuic são outros 2 pontos que não pode deixar de visitar.

Como lá chegar: Linha vermelha ou verde estação Espanya

Pontos Turísticos em Montjuic

Na região de Montjuic os locais que atraem mais turistas são Fundação Juan Miró, o Museu olímpico, o show da Fonte Mágica de Montjuic e o teleférico até ao Castelo de Montjiuic com vista para a cidade de Barcelona.

Como lá chegar: Linha roxa e verde estação parellal

Praia Barceloneta

E por fim e não menos importante está a praia Barceloneta conhecida pelo mar calmo, quente e de areia clara. Um lugar a visitar em todas as estações com restaurantes e bares bem próximos sempre cheios de turistas e moradores.

Como lá chegar: Linha amarela estação Barceloneta

 

Dicas e informações sobre os pontos turísticos

Em primeiro lugar, quando viajamos para uma nova cidade é normal o entusiamo inicial em quer visitar todos os locais temáticos, mas há que ter a noção dos horários e dos preços de ingressos. Para evitar longa filas nas bilheteiras aconselho a comprar online os bilhetes para visitar a sagrada família, parque guel, casa Batlò. Para alem de poupar tempo também poupa alguns euros. Por norma os bilhetes online são mais baratos que nas bilheteiras.

De todos os meios de transporte o metro ou Transportes Metropolitanos de Barcelona é de longe o melhor. Para além de ter horários frequentes para todas as linhas é mais barato e comodo e, também pode optar por alugar uma bicicleta ou trotinete, ir de autocarro, táxi ou Uber para os pontos turísticos.

 

Circuitos pela cidade:

Para uma escapadinha de 3 dias recomendo a visitar:

  • Primeiro dia: Arco do triunfo, Zoo de Barcelona, Casino, Praia de barceloneta, Catedral de barcelona, Casa de Batlò Gaudí, Las ramblas
  • Segundo dia: sagrada família, parque guel, sant pau, torre agbar, parque de Montjuic, castelo de Montjuic
  • Terceiro dia: Mercado de la Boqueira, Loja do Barcelona, Camp nou,

Refeições:

No centro da cidade há as empresas de restauração e cadeias alimentares que todos nós conhecemos para além dos restaurantes e bares típicos da região, mas se quer comer comida tipicamente espanhola recomendo os restaurantes das ruas de las Ramblas. Para lá irá encontrar vários restaurantes com a típica paella ou tortilha com preços acessíveis entre os 12 a 18 euros por pessoa.

Pontos positivos:

  • Amabilidade dos espanhóis: Alegres, comunicativos, prestativos a dar indicações
  • Restaurantes com menus com várias línguas
  • Vários multibancos pela cidade
  • Clima agradável: o tempo esteve sempre quente
  • Net em vários pontos da cidade
  • Vários hotéis e aparthotéis no centro da cidade com preços acessíveis (ficamos num aparthotel muito bom).

Pontos negativos:

Devido à violência nas manifestações havia muitas ruas vandalizadas: contentores do lixo queimados, fachadas das casas sujas, lojas e bancos com vidros partidos e multibancos vandalizados. Sem falar do enorme aparto policial nas ruas ao cair da noite. Basicamente de dia não havia manifestações, mas há noite manifestantes e policias juntavam-se na praça da Catalunha e as forças policiais davam indicações aos turísticas para não circularem nas ruas onde decorriam as manifestações.

Aproveitar para visitar Barcelona

Sem a menor dúvida que Barcelona é uma cidade para regressar numa próxima visita a 2 ou em família pela gastronomia, arte e natureza que caracterizam a cidade espanhola. Para longas caminhadas ao ar livre ou para visitar museu a museu. De facto, o que mais adorei na cidade foram as inúmeras varandas cheias de plantas. Mas quando digo plantas não são plantinhas pequenas em vasos, trata-se sim de árvores enormes que galgam para fora da varanda quase com a copa na varanda do vizinho, mas este tema irei falar noutro artigo.

Para já e se gostaram deste roteiro por Barcelona sigam no Instagram ou no Facebook.

Até à próxima viagem 😀

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *