Porque devemos comer brócolos? Da horta para a sua saúde

O brócolo pertence a família das hortaliças brássicas e tem importantes propriedades nutricionais: elevado teor em água, fonte de minerais, vitaminas, antioxidantes e fibras. É um vegetal com baixo teor calórico e cientificamente conhecido por possuir altas concentrações de sulforafanos indicado para combater e prevenir problemas cardíacos e cancerígenos.

Mas como produzir este legume…

Cuidados a ter quando cultivamos brócolos

Apesar de ser um legume muito fácil de cultivar há sempre cuidados que devemos ter em consideração quando na hora de plantar / semear ou a tratar. Para isso aqui está uma lista de passos:

Temperatura

Dependendo sempre da variedade por norma este legume não se adapta a temperaturas superiores a 23ºC podendo mesmo ser inferiores entre 6 a 23º C. Gosta de exposição solar mas não tolera bem o calor.

Água e solo

Tem preferência por solos drenados, férteis, ricos em matéria orgânica por isso antes de plantar o ideal é soltar o solo e incorporar composto ou matéria orgânica ou estrume curtido. Rege sempre com alguma frequência. A seca potência atrasos no crescimento das inflorescências e por isso deve colocar um mulching para haver maior retenção de água.

Corrija o pH

Este legume tem preferência por solos com o pH 6 a 7 por isso se o solo for ácido como a maioria dos solos a norte litoral do pais, é importante corrigir com cal antes de plantar.

Adube com boro

O que preferencialmente comemos são as inflorescências o ideal é escolher um adubo que tenha este micronutriente na sua constituição de forma a estimular e promover uma floração homogênea. Mas atenção não abuse deste micronutriente e respeite a dosagem indicada já que em excesso é muito prejudicial para as plantas e a sua sobre dosagem não reflete em maior produção.

Vou semear brócolo por isso…

Deve fazer uma sementeira num local onde iram geminar as sementes ou diretamente no local definitivo com uma distância aproximada de 1 cm. A sua germinação ocorre 10 a 15 dias após a sementeira e pode transplantar para outro local quando já tiver 6 folhas.

Vou plantar mudas de brócolo por isso…

Deve distanciar as mudas entre 80 cm a 1 metro e 50 cm entre cada pé de planta.

Veja também: Como ter uma horta de sucesso

Vamos colher?

Sim claro mas só após 100 dias depois da germinação dependo sempre da variedade.

Como este legume é bastante versátil podemos congelar para usar mais tarde em sopas, saladas frescas e outros pratos. A sua textura e sabor são bastantes peculiares e por isso devem ser cozinhados em baixas temperatura e num curto espaço de tempo para não se perder propriedades em especial a vitamina C. São uma excelente fonte de ácido fólico, vitamina K, vitamina A, potássio e fibras.

E se somos o que comemos aqui está uma lista de alguns benefícios para a nossa saúde no consumo de brócolo.

Previne problemas nas articulações

O brócolo é um vegetal com  propriedades anti-inflamatórias que ajudam a reduzir a inflamação das articulações, podendo atrasar o desenvolvimento de problemas articulares.

Previne doenças doenças cardiovasculares

Devido à presença do sulforafano a sua ação anti-inflamatórias que previne o aparecimento de lesões nos vasos sanguíneos tornando-os mais fortes e controla melhor a pressão arterial;

Previne o aparecimento de cancros

Como é rico em sulforafano, glucosinolatos e indole-3-carbinol, compostos que atuam como antioxidantes, prevenir o desenvolvimento de vários tipos de cancro especialmente cancro de estômago e intestino.

Aumenta as defesas do organismo

Devido à sua quantidade de vitamina C, glucosinolatos e selênio, o consumo de brócolos regularmente ajuda a aumentar as defesas do organismo e a melhorar o sistema imunitário.

Reduz o colesterol

Através das suas fibras solúveis que ligam-se ao colesterol no intestino e diminuem a sua absorção.

Evita a prisão de ventre

As fibras presentes no brócolo estimulam o trânsito intestinal.

Protege os olhos

Devido à presença da luteína (tipo de carotenoide presente no brócolis) protege os olhos contra a degradação ocular e desenvolvimento de cataratas.

Por isso devemos consumir sempre de forma moderada e ser criativos nos pratos elaborados.

Se gostou deste artigo e quer ver mais?

Então seguia-nos em FacebookInstagram e subscreva o canal no Youtube.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Guardar o meu nome, email e site neste navegador para a próxima vez que eu comentar.
Para mais informações consultar a politica de privacidade.