Guia das Plantas – Lothus berthelotii

Tem tanto de exótica como de rara trata-se de Lothus berthelotii ou também conhecida por bico de papagaio cuja as suas flores são semelhantes a pequenos pássaros. É uma planta herbácea perene de exterior de sol ou meia sombra, rasteira que encontra-se em vias de extinção na natureza, contudo podemos encontrar estes exemplares em viveiros ou hortos. É uma planta usada e comercializada como ornamental devido as suas cores vermelho, amarelo e laranja.

Nome científico: Lothus berthelotii 

Nome Comum: Bico de papagaio

Origem: América do sul

Ciclo: Anual

Tipo: Sol ou Meia Sombra

Folhagem: Perene

Floração: Primavera e início do Verão

Crescimento: Rasteiro ou suspenso

Altura: 20 – 40 cm

Temperaturas: não tolera abaixo de zero. Não indicada para zonas onde há geadas a não ser que estejam protegidas (abrigadas) no inverno.

Solos: Arenoso, bem drenados e um pouco ácidos a neutro.

Rega: Moderada sem exagerar.

Propagação: A altura mais indicada para a propagar é quando a planta não tem flores, ou seja no inverno ou no final do verão através de mudas.

Local ideal: ensolarado no vaso suspenso num alpendre ou em canteiros (floreiras)

Podas: Deve podar os ramos laterais na primavera para estimular o crescimento de novos lançamentos.

Cuidados a ter:

Como se trata de uma planta de clima exótico a temperatura e a humidade são factores fundamentais a ter em consideração apesar de toda a flexibilidade que as plantas já sofreram. Esta plantas não estão adaptadas as mudanças de temperaturas bruscas como golpes de calor, podendo não florir no primeiro ano ou quando transplantada para um novo vaso. Consegue tolerar períodos de seca deste que não sejam muito longos. Podem estar no exterior todo o ano mas como não toleram temperaturas abaixo de zero ºC devem ser mantidas em abrigos. O seu substrato deve ser leve ou seja, arenoso de forma drenar a água.

Se gostou deste artigo e quer ver mais?

Então seguia-nos em FacebookInstagram e subscreva o canal no Youtube.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Guardar o meu nome, email e site neste navegador para a próxima vez que eu comentar.
Para mais informações consultar a politica de privacidade.