Um sítio a visitar: Parque Nacional Peneda-Gerês

A grande aventura nas férias de verão foi descobrir o turismo de montanha. Devido a conjuntura atual que vivemos achamos que este ano seria um bom ano para visitar Parque Nacional Peneda Gerês assim alguns locais arredores: Soajo, Lindoso, Fafião, Chamoim, Chorense entre outros. Deste modo, e com estadia marcada o que fizemos durante 10 dias: caminhar pelos trilhos, visitar as cascatas, fotografar a natureza e claro usufruir da paz e sossego da montanha.

Quem gosta de natureza e aventura o Gerês é o destino ideal onde há empresas que promovem passeios a cavalo pela serra, caminhas pelos trilhos, BTT, canoagem, canyoning entre outras atividades radicais.  Nós optamos pela calma da montanha e fizemos 5 trilhos durante os 10 dias que estivemos por lá e aconselhamos que para este tipo de atividade tenha alguma preparação física, com roupa e calçado apropriado já que há troços com declive acentuado e piso muito irregular.

 

 

PR4 TBR Trilho de Moinhos e Regadios Tradicionais 9km

Trilho fácil a moderado:  fizemos o percurso em 6 horas (circular) e como próprio nome indica trata-se de um trajeto com natureza e um pouco de história.

              

PR5 TBR Trilho da Águia do Sarilhão 9Km

Trilho fácil a moderado:  Fizemos o percurso em 5 horas (circular) e vale a pena ver a paisagem no topo.

             

PR6 TBR – Trilho dos Miradouros 12km

Trilho moderado a difícil:  Fizemos o percurso em 7 horas (circular) e para mim foi o mais doloroso uma vez que, a parte inicial foi sempre a subir. Contudo, fomos descansando em cada miradouro já que este trilho tem 3: miradouro da Fraga Negra, miradouro da Junceda e miradouro da Boneca.

        

Pr9 TBR – Trilho De Geira Romana 10km

Trilho fácil a moderado:  Fizemos o percurso em 6 horas (circular) e pelo caminho tivemos uma agradável companhia

       

PR10 TBR- Trilho da Preguiça 6km

Trilho fácil a moderado:  Fizemos o percurso em 6 horas e de todos os trilhos foi o que mais adorei: Perto da estrada tinha de forma oculta largas poças de água cheias de libelinhas azuis e douradas. Encantamos-nos a tirar fotografias e elas não estranham a nossa presença pousando nas nossas mãos.

        

 

Veja também: Costa Alentejana – Um sítio a visitar

 

Percurso miradouro das rocas – poço azul

O nosso percurso iniciou-se no miradouro das rocas, passando pela cascata do arado.

A cascata Arado

Demoramos cerca de 2h 40 minutos por um trilho fácil a moderado sendo que a parte final do trajeto só passa uma pessoa e, todo o cuidado é pouco. Contudo, este poço é famoso e não é à toa: é lindíssimo, muito calmo, dá para refrescar e tem muitos animais (libelinhas e borboletas). Vale a pena o esforço.

Poço Azul

             

 

Percurso Fafião – Cascatas de Taihiti

Iniciamos o nosso percurso de cerca de 3km na aldeia de Fafião, evitando assim o problema de estacionamento junto à cascata do Taihiti. O percurso é feito totalmente em estrada sendo que a sua dificuldade é baixa e a paisagem agradável para quem gosta de uma pequena caminhada.

Fafião

Aldeia pequena mas muito acolhedora com um ecomuseu Vezeira e Serra e o Fojo dos Lobos.

Cascata Taihiti

Um dos locais mais procurados no Gerês.

             

O Poço Negro e os espigueiros do Soajo (Arcos de Valdevez)

Um local com história que prima pela calma e a beleza dos seus espigueiros.

             

 

 

Espigueiros Lindoso – Castelo de Lindoso (Ponte da Barca)

Se gosta de história então este lugar é de passagem obrigatória graças à sua arquitetura e vista sobre os espigueiros.

           

 

Se a natureza é algo que fascina saiba o que pode encontrar: pássaros, centenas de borboletas, musgo, cogumelos, árvores e arbustos entre outras maravilhas. Aqui tem um pouco do que vimos:

Parque Nacional Peneda-Gerês

 

Boas férias

 

Se gostou deste artigo e quer ver mais?

Então seguia-nos em FacebookInstagram e subscreva o canal no Youtube.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Guardar o meu nome, email e site neste navegador para a próxima vez que eu comentar.
Para mais informações consultar a politica de privacidade.

O que plantar / semear no mês de Novembro – Tarefas de jardim e horta

Ver Artigo