O que plantar / semear no mês de Dezembro – Tarefas de jardim e horta

E chegamos ao último mês do ano de 2020, o mês onde celebramos o Natal. Este ano foi particularmente difícil para todos fase à pandemia que se instalou no início de março. Muitas foram as mudanças pessoais e profissionais, as varandas viraram hortas, as plantas de interior coloriram cada espaço da nossa casa, e muitas foram as dúvidas sobre o que podemos fazer nos nossos espaços verdes. Neste mês de Dezembro e com as temperaturas mais baixas a tarefa principal será proteger ao máximo as nossas culturas para que consigam chegar até a primavera. Por outro lado, não podemos esquecer de podar as fruteiras despidas, limpar os canteiros e plantar / semear na horta e jardim. Estas são algumas das muitas tarefas que podemos fazer neste mês do natal.

 

Tarefas do mês

Plantas de exterior

Proteger as plantas dos ventos fortes e chuva intensa

Com poucos dias do mês de dezembro já estava instalada mais uma tempestade de vento forte e chuva intensa. Para quem fez as suas plantações ou sementeiras necessita de uma ajuda extra senão todo o seu esforço e recursos vão por água abaixo. Como o caso das culturas como mais tenras: agriões, espinafres, alfaces, favas e ervilhas que necessitam de um abrigo ou proteção no local de sementeira.

Veja também: Como proteger a sua horta contra ventos fortes, chuvas intensas e geadas?

Sementeiras de dezembro para a próxima primavera

Em locais abrigados, em tuneis, estufins ou mini estufas aproveite este mês para semear algumas espécies de hortícolas e de flores (indicadas abaixo) para serem transplantadas para o seu local definitivo no início da primavera.

Aproveite as cinzas da lareira

Quem tem lareiras, salamandras ou recuperadores de calor pode aproveitar as cinzas frias e incorporar no diretamente no solo, no momento da plantação ou sementeira ou incluir na compostagem.

 

Tratar das doenças e pragas

No caso dos insetos mesmo com as temperaturas mais baixas, continuam a proliferar nos nossos jardins e hortas como mostra as imagens abaixo.

 

Uma lagarta no canteiros dos gerânios
As folhas de gerânios com orifícios provocados pela lagarta

No caso das doenças por causa das temperaturas baixas temos de ter atenção à quantidade de água no substrato já que esta é responsável pelo aparecimento de podridões do colo das plantas e cheiro desagradável no substrato. Nas folhas se aparecer algum pó branco ou manchas é sinal de doença e deve ser tratada.

Presença de oídio nas folhas de Begónia maculata

Limpezas e podas

Tudo que estiver morto ou seco, seja um ramo ou uma haste retire é para retirar. Aproveite os dias mais ensolarados para podar mais severamente as árvores de fruto despidas, arbustos que perderam a sua forma estética e aparar o relvado. Para quem tem passeios ou canteiros baixos, folhas e água devem ser recolhidas (limpos) para que não crie um verdete e torne o pavimento escorregadio.

 

Plantar bolbos

Tulipas, narcisos, jacintos mistoris são alguns exemplos que pode nesta época plantar em canteiros e no jardim. O segredo para os bolbos crescerem uniformes está na profundidade a que é plantado, ou seja, a uma profundidade 2- 3 vezes o comprimento ou seja 15 cm para um bolbo de 5 cm como mostra a imagem abaixo.

Representação da profundidade de plantação dos bolbos Fonte: Aprender a jardinar, Dorling Kindersley

 

Veja também: Bolbos de inverno

Retire infestantes

São as nossas maiores dores de cabeça e quem tem um jardim sabe que as infestantes (junça, trevo e alho selvagem) nesta época crescem bem mais rápido que as nossas sementeiras. E por isso mesmo que devemos controlar o seu crescimento para não competir em espaço e nutrientes.

Alho selvagem é uma praga nos nossos jardins

 

 

Plantas de interior

Plantas ao sol

Os dias estão mais curtos e até mesmo as plantas de sombra necessitam de um pouco de luz natural ou difusa para sobreviver. Coloque as plantas próximas de uma janela para que recebem alguns raios de sol. Durante o dia o sol já não é assim tão intenso, mas se as folhas amarelarem pode afastar um pouco, mas não as coloque de novo no local de verão.

Já que o sol está um pouco mais fraco coloque as plantas junto de uma janela

Aproveitar a água para as plantas de interior

A água da chuva é ótima para regar as plantas no interior da nossa casa e isso ninguém pode duvidar. Sendo assim, coloque uns baldes no exterior ou por debaixo de uma calha e vá armazenado alguma água. Mas quem não tem oportunidade de captar a água da chuva pode aproveitar a água fria antes do banho, coloque um balde na cada de banho e enquanto a água não aquece, guarda a água fria para regar as plantas. Quem tem aparelhos como desumificadores aí aproveita água do depósito.

 

Mini ciclo de água do desumificador para regar as plantas

Cuidado com as regas excessivas

Se por um lado aproveitamos a água antes do banho, da chuva e do desumificador a nossa tendência é andar a regar as plantas mais vezes, mas nesta época é um erro e um miminho para podridões, moscas e outros problemas. Rege somente quando o substrato estiver seco e para isso use o dedo até ao fundo do vaso para verificar a humidade ou pegue no vaso, se estiver leve necessita de ser regado senão deixe estar.

Cuidado com pontos de calor

As casas com equipamentos como lareiras, ar condicionados, salamandras, aquecedores (como a maior parte das nossas porque ninguém aguenta este frio) em divisórias com plantas devem ter especial atenção ao substrato e às folhas. As folhas das orquídeas quando enrugam é falta de água no substrato e a planta está desidratada. A desidratação pela ação desses aparelhos é um dos fatores para folhas amarelas e atrofiadas. Se os equipamentos estiverem ligados ou ligados com frequência vai dando uma olhadela nas plantas com mais vezes.

 

Limpar o pó das folhas

Já deve ter reparado que no inverno com os equipamentos e mantas há mais dentro de casa e nas folhas das plantas como o lírio da paz é que se nota. Este pó pode parecer um pouco inofensivo, mas com o acumular torna-se inestético e prejudicial para a fotossíntese. Com um pano húmido passe por todas as folhas.

 

Cuidado com as pragas e doenças

Quando menos esperarmos encontramos uma cochonilha ou uma formiga nas nossas plantas e se nos descuidamos as plantas e moveis ficam cheios de pragas. O que temos de fazer aplicar uma saboneira (sabão diluído em água) ou então algodão embebido em álcool e passar nas folhas.

 

Na horta

O que pode semear na horta:

Hortícolas: Agriões, alcachofra, alfaces, alho-francês, beterraba, cebolas, cenouras, coentros, couves, favas, ervilhas, espinafres, nabiça, nabos, rabanetes

(Em abrigo) alface, beringela, beterraba, cebola, cenoura, chicória, espinafres, pimentos e tomates

 

O que pode plantar na horta:

Hortícolas: Acelgas, aipo, alfaces, alho, alho-francês, beterraba, brócolos, chicória, couves, couve-flor, nabos, nabiças

Aromáticas: Alecrim, coentros, estragão, hortelã, orégãos, salsa, tomilho

Fruteiras: Morangueiro (abrigado), macieiras, pereiras, cerejeiras, diospireiros, pessegueiros.

 

No jardim

O que pode semear no jardim:

Amor-perfeito, capuchinhas, relvado (várias espécies)

O que pode plantar no jardim:

Amor-perfeito, begónias, cíclames, jacintos, miosótis, narcisos, roseiras, tulipas

 

Se gostou deste artigo e quer ver mais?

Então seguia-nos em FacebookInstagram e subscreva o canal no Youtube.

Deixe o seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Guardar o meu nome, email e site neste navegador para a próxima vez que eu comentar.
Para mais informações consultar a politica de privacidade.

7 ideias para decoração de natal com plantas e materiais simples

Ver Artigo